Funil de Vendas: A essência do Marketing Digital

Funil de Vendas: A essência do Marketing Digital

Funil de Vendas: A essência do Marketing Digital

Mas afinal o que é o funil de vendas? O que traz de bom à minha empresa? São estas as perguntas que estão a invadir a sua cabeça, neste preciso momento?

Não se apoquente, a BlendUp esclarece-as.

O funil de vendas é um sistema do marketing e, sem dúvida, a essência do Inbound Marketing ou Marketing Digital.

Este é o processo que vai desde atrair o potencial cliente ao website até à fidelização desse mesmo cliente.

O funil de vendas surge muito antes do marketing digital, mas o foi a imensidão do mundo online que contribuiu para a fácil construção e dinamização deste processo.

Até aqui, já percebeu que o Funil de Vendas consiste em atrair visitantes, converter essas vistas em oportunidades de negócio, concretizar o negócio e fidelizar o cliente.

Parece-lhe difícil? Deixe as preocupações de lado, afinal a BlendUp tem as melhores soluções e realiza a parte complexa do processo por si.

Conseguir construir um funil de vendas com taxas de conversão satisfatórias é um desafio para todas as empresas que geram Leads através do Marketing Digital.

Cogitar sobre a otimização do funil de vendas é um trabalho que normalmente é realizado pela área comercial e pelos vendedores, que são treinados e preparados para obterem as melhores taxas de concretização de negócio.

Mas a equipa de Marketing pode sempre dar uma ajuda e contribuir de forma direta no desempenho das vendas.

Um dos principais pontos a ser observados é a forma como a empresa administra os Leads (contactos) gerados.

A principio esta é uma tarefa aparentemente fácil, o volume de Leads é relativamente pequeno e todos eles conseguem ser direcionados para vendas, contudo, o crescimento das empresas implica uma maior geração de Leads e posteriormente uma sobrecarga para os vendedores.

É ineficaz direcionar uma grande quantidade de contactos para os vendedores porque desta forma eles não vão conseguir priorizar as boas oportunidades de negócio entre todos os Leads que recebem.

Além disso, o ciclo de vendas fica mais longo, pois chegam diversos Leads ainda imaturos, que exigem um maior tempo do vendedor.

Muitas dessas oportunidades que chegam no momento errado acabam perdidas e, tornam-se um desperdício de tempo para a empresa, influenciando dessa forma o custo de aquisição de clientes.

O contributo do marketing para a construção de um funil de vendas mais otimizado pode ser realizado através de várias ações. No entanto, existe uma ação principal que tem um impacto direto no funil de vendas e proporciona uma melhoria muito grande nos resultados: A Chave do sucesso desta estratégia, é a construção de um bom processo de qualificação de Leads.

Qualificar os Leads não consiste apenas em classificar cada oportunidade de acordo com as suas características, mas também em tomar decisões baseadas nessa qualificação.

A forma como cada empresa decide trabalhar o Lead gerado é o mais importante, pois é o que traz resultados mais rápidos e precisos para as vendas da empresa.

Ao qualificar bem os Leads e trabalhá-los de uma forma mais precisa e coerente, o marketing ajuda a empresa a construir um funil mais otimizado e com mais resultados de duas formas:


Só as melhores oportunidades são entregues aos vendedores

A qualificação garante que os vendedores trabalhem apenas com Leads que têm a maior chance de concretização de negócio. Com a diminuição do volume de Leads é mais fácil para os vendedores priorizarem e investirem mais tempo em certos clientes.

Além disso, a qualificação ajuda a empresa a separar a “gema da clara”. Com um volume alto de Leads existem sempre aqueles que não têm o perfil necessário para se tornar clientes.

Essa separação entre Leads bons e maus influencia diretamente no quotidiano de vendas e nas taxas de conversão nas negociações realizadas, diminuindo a sobrecarga dos vendedores e equilibrando quantidade com qualidade.


Deixar o processo de criação de oportunidades mais previsível

Além de conseguir qualificar os Leads gerados, é preciso pensar também na forma e no momento em que a entrega de Leads para vendas acontece.

Garantir que os vendedores recebam Leads constantemente está muito relacionado à forma com que cada empresa qualifica a sua base e trabalha com os Leads que ainda não estão no momento de compra.

É importante também gerir o número de Leads consoante o tamanho da equipa de vendas.
Através da qualificação é possível estabelecer critérios que permitem que em momentos de alta geração de Leads apenas aqueles com o maior potencial de compra sejam direcionados para vendas e os restantes sejam trabalhados por marketing.

Por exemplo, entregar menos oportunidades aos vendedores e fazer com que eles tenham uma maior taxa de conversão, ajuda-os a investir mais tempo nos Leads certos.

Em tom de conclusão, conseguir elaborar um processo de qualificação que torne a gestão de Leads mais inteligente é essencial para obter o máximo potencial de vendas da empresa.

Esta estratégia ajuda na otimização do funil de vendas, além de diminuir o ciclo de compra e custo de aquisição de clientes.

A BlendUp conseguiu esclarecer as suas dúvidas? Agende uma reunião connosco e fique a par das tendências de Marketing que contribuem para o crescimento da sua empresa.